Welcome to my diary


(Source: deprimentes)



(Source: iampsiu)


A gente até consegue ser feliz sozinho. Mas é tão melhor ouvir o som de uma gargalhada no mesmo ritmo da tua.

Allax Garcia.    (via criteriorizar)

(Source: allaxg)

Via and all, what attracts me is old

(Source: brazilwonders)



(Source: ossea)



(Source: dequatronoteatro)




Talvez haja alguma coisa que você tem medo de dizer, ou alguém que você tem medo de amar, ou algum lugar que você tem medo de ir. Vai doer. Vai doer porque é importante.

John Green. (via acorrentei)

(Source: effingos)

Via adocica a minha vida

Faz bem,
Ser o bem de alguém.

Fabrício Bernardo.  (via esclarecer)

(Source: soupoetico)

Via adocica a minha vida

Bem no fundo, os jovens são mais solitários do que os adultos.” Li isso em algum livro e ficou na minha mente. Pelo que posso dizer, é verdade.

O diário de Anne Frank.  (via reforcei)

(Source: biblioteca-ambulante)

Via adocica a minha vida

nas linhas, nas entrelinhas e nos trilhos: saudade.

– (via oxigenio-dapalavra)

(Source: peitomorto)

Via Projeto ANDARES oxigênio-dapalavra

Tenho duas armas para lutar contra o desespero, a tristeza e até a morte: o riso a cavalo e o galope do sonho. É com isso que enfrento essa dura e fascinante tarefa de viver.

Ariano Suassuna. (via oxigenio-dapalavra) Via Projeto ANDARES oxigênio-dapalavra

canetaperdidaoficial:

E nem dá ressaca! #LeiSeca #CanetaPerdida #Poesia #PoesiaVisual #Poema #PoemaVisual #Wine #InstaPoesia #CanetaPerdida69


Estamos sempre expostos à dualidade. Amor ou ódio. Aflição ou esperança. Saudade ou presença. Felicidade ou tristeza. Afetividade ou frigidez. Agonia ou serenidade. Arrependimento ou insistência. Carência ou demasia. Frialdade ou ciúme. Rivalidade ou companheirismo. Confiança ou receio. Liberdade ou prisão. Coragem ou covardia. Vitória ou derrota. Devaneio ou lucidez. Injúria ou dignidade. Certeza ou dúvida. Partidas ou chegadas. Verdades ou mentiras. Repulsa ou simpatia. Euforia ou desânimo. Frieza ou adustez. Humanidade ou tirania. Luz ou escuridão. Atitude ou inércia. Exuberância ou timidez. Estagnação ou iniciativa. Solidão ou multidão. Cheio ou vazio. Fardo ou leveza. Loucura ou sanidade. Melancolia ou alegria. Direto ou indireto. Irritação ou paciência. Paz ou guerra. Pessimismo ou otimismo. Ganhar ou perder. Tédio ou prazer. Repugnar ou querer. Aceitação ou rejeição. Contentamento ou remorso. Pacificação ou revolta. Solidariedade ou aversão. Desarmonia ou união. Vingança ou perdão. Construção ou destruição. Força ou debilidade. Encontros e desencontros. Bem ou mal. Isso ou aquilo… E o melhor ou pior de tudo ou nada, é que a gente é que escolhe. Mas uma coisa não depende de nós. Vida ou morte; esses são os pontos fixos. Hora ou outra iremos passar por eles, mas antes, continuamos existindo atrás de um grande e inexplicável talvez. Então, com todas essas controversas, as vezes somos escolhidos.

Sou um ser feito de barro, apenas. (via oxigenio-dapalavra)

(Source: serdebarro)

Via Projeto ANDARES oxigênio-dapalavra

depois do sexo
vou te dizer que a tua boca
é a mais linda
e que penso
mais insanidades
do que o tom vermelho
que ela fica com a fervura
vou dizer do gosto de pecado
que tem o teu suor
quando encosto os meus lábios
em teu corpo
quente
vou te sentir 
depois do sexo
ofegante
desesperada
para ainda
permanecer em meus lábios
como a fumaça do cigarro

John

(Source: coagulo)

Via Projeto ANDARES oxigênio-dapalavra
1216
To Tumblr, Love PixelUnion
contador de acesso grátis