Welcome to my diary

Eles se amam, porém não conseguem dar certo. Complexados e orgulhosos.

Capacitadora   (via retorcendofatos)

(Source: capacitadora)

Via


Eu te chamaria de fantasia, um daqueles sonhos que você tenta retomar pelas manhas, se não fossem teus braços entrelaçados a minha volta. A grande diferença é que eu posso te sentir e ouvir você blefando algumas frases, na maioria das vezes arquitetadas pela sua saudade. Mesmo assim isso tudo não deixa de ser um sonho do qual eu não quero acordar. Mas se no final eu chegar a descobrir que nada disso é real, que tudo isso seja mesmo um sonho. Eu vou implorar que você permaneça por perto e continue me abraçando o mais forte que conseguir, até tudo começar a desmoronar, e eu acordar.

Soberbos  (via oxigenio-dapalavra)

(Source: soberbos)

Via Reaja a luz, sacie seu ego mudo

(Source: adventurouscrime)


Aceitar a transitoriedade das coisas e ler as entrelinhas de uma partida silenciosa. Em uma não-despedida há mais valor que em mil choros de adeus.

Serinus canaria

(Source: serinus-canaria)

Via Reaja a luz, sacie seu ego mudo

CORPO NÃO É PECADO

(Source: vscograam)


morremos todo amanhecer

esse texto não é sobre você, mas acho que vai acabar sendo. um fardo que passei a carregar, babe. esse texto é sobre francisco do apartamento ao lado que acorda todo dia cinco da manhã pra pegar dois metros e um ônibus para ir a um trabalho que o sobrecarregam. ele acorda para a morte e…

(Source: convergido)

Via Reaja a luz, sacie seu ego mudo



nota pessoal para a vida inteira:

fugir é muito cômodo.
se arrepender de amar é muito prático.
ficar dói.
amar até a última gota de sangue esmaga o ego.
mas é aí que você nota que a vida vela à pena.
quando você lê teu nome na paz nos olhos e o sorriso nos lábios de
alguém. 
que me perdoe a filosofia moderna que quer nos fundir a solidão. 
as pessoas não sabem ser par. eu não sei ser ímpar.

Carol Souza 

Via Reaja a luz, sacie seu ego mudo

(Source: somaisumabagatela)


Assim que quer, assim será
Eu vou pra não voltar
Toma este anel que é pra anular
O céu, o sol e o mar

Marcelo Camelo   (via oxigenio-dapalavra) Via Reaja a luz, sacie seu ego mudo

(Source: minha-mpb)



(Source: charmtheworld)


Ana, não seja tola.

arrritmia:

O tempo não cura, ele só pendura sua dor na altura do céu, onde você pode fingir que é outra nuvem. Mas ainda assim trovoa, ainda assim relampeja, ainda assim vai chover.

(Source: travecolibertino)

Via ARRITMIA

nevou:

-

(Source: doitagain1234)


1202
To Tumblr, Love PixelUnion
contador de acesso grátis